Começa segunda fase de licitação para aquisição de novas urnas eletrônicas

Etapa inclui mais de 100 testes de qualidade, eficácia e segurança dos componentes do equipamento

Novas Urnas.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou, nesta quarta-feira (20), a segunda fase de uma licitação para produção e fornecimento de até 176 mil urnas eletrônicas (modelo UE2022). Essa fase consiste na avaliação da proposta técnica e dos componentes do modelo de engenharia (protótipo) do equipamento.

Durante os próximos dias, o protótipo da urna desenvolvido pela empresa Positivo Tecnologia será submetido a mais de 100 testes estipulados no edital, como autonomia da bateria, qualidade das telas de LCD, segurança criptográfica, eficiência do leitor biométrico e do módulo mesário, entre outros. A aprovação nos testes é pré-requisito para a análise da proposta de preços, terceira e última etapa do processo.

Além das urnas, a empresa contratada será responsável por outros produtos e serviços, como o fornecimento de peças de reposição; desenvolvimento dos modelos dos equipamentos e do software básico; a garantia das urnas fabricadas; mídias de Aplicação e de Resultado; elaboração do projeto para embalagem das máquinas, entre outros pontos.

Renovação

A licitação de novos equipamentos tem como objetivo continuar a renovação do parque de urnas e complementar o quantitativo para suprir o eventual crescimento do eleitorado. A estimativa atual de renovação do parque de urnas  é de aproximadamente 300 mil unidades, uma vez que a cada eleição é necessário substituir urnas antigas, que já ultrapassaram 10 anos de uso ou seis eleições ordinárias.

Esta será a segunda compra de urnas eletrônicas para as eleições de 2022 e 2024. Em julho do ano passado, o TSE homologou contratos para a compra de urnas modelo 2020. Assim, milhares de urnas que completaram sua sexta eleição em 2020 deverão ser substituídas pela Justiça Eleitoral até a eleição de 2024.

Ainda não há previsão de quando as novas urnas começam a ser enviadas para os Tribunais Regionais Eleitorais.

 

*Notícia adaptada do site do TSE.

Últimas notícias postadas

Recentes