Eleições simuladas envolvem cerca de dois mil estudantes no Triângulo Mineiro

Projeto Eleições do Futuro acontece em Capinópolis, organizado pela 302ª Zona Eleitoral

Na sexta-feira (6), cerca de dois mil estudantes da Rede Pública de Ensino, com idades entre 5 e 15 anos, vão às urnas em Capinópolis, no Triângulo Mineiro. Trata-se do projeto Eleições do Futuro, organizado pela 302ª Zona Eleitoral em parceria com a Prefeitura local, a Câmara Municipal e a Universidade do Estado de Minas Gerais (campus Ituiutaba). O projeto é uma ação do programa Eleitor do Futuro, da Escola Judiciária Eleitoral de Minas Gerais.

As eleições simuladas serão realizadas na sexta-feira, das 7h30 às 16h30, no Salão de Eventos Educacional João Felipe (Avenida 101, nº 353, Centro). Os estudantes eleitores votarão para escolher vereadores e prefeito: são quatro candidatos a prefeito, quatro a vice-prefeito e vinte candidatos a vereadores. Destes, serão eleitos um prefeito e um vice, e onze vereadores. O resultado será divulgado no mesmo dia da votação, e os candidatos eleitos serão diplomados pelo juiz eleitoral de Capinópolis.

Os participantes – eleitores, mesários e candidatos – são estudantes das cinco escolas públicas participantes do projeto, além da Escola Municipal de Ensino Especial (Apae). Serão utilizadas 20 urnas eletrônicas, e para auxiliar nos trabalhos no dia da votação serão necessários 40 mesários, estudantes que fazem parte do eleitorado, assim como em uma eleição oficial. A 302ª Zona Eleitoral fez o treinamento dos mesários, assim como organizou todas as etapas do processo eleitoral, como a filiação partidária, as convenções e o registro dos candidatos (no dia 23 de agosto, no cartório eleitoral).

Antes do início do calendário eleitoral, a equipe da 302ª Zona Eleitoral fez palestras nas escolas, abordando temas como cidadania, função da Justiça Eleitoral e demais conceitos relacionados às eleições. As palestras, em parceria com estudantes de Direito da Uemg, tiveram o objetivo de conscientizar os estudantes sobre a importância do voto e do processo eleitoral, além de prepará-los com relação às regras de uma eleição, como aquelas relativas à campanha eleitoral – que, inclusive, está permitida nas escolas desde o dia 26 de agosto.

Depois das eleições, os candidatos eleitos serão recebidos pela Prefeitura e pela Câmara Municipal em momentos pontuais. A Câmara, por exemplo, está desenvolvendo um projeto de acolhimento aos vereadores eleitos, assim como a Prefeitura, que receberá os estudantes eleitos como prefeito e vice para acompanharem a rotina de trabalho de um titular de cargo eletivo.

Esta é a primeira vez que o projeto Eleições do Futuro está sendo desenvolvido em Capinópolis. Projeto semelhante já foi executado em Diamantina, em 2014.


Siga-nos no Twitter e no Instagram.
Curta nossa página no Facebook.

Últimas notícias postadas

Recentes