TRE inicia treinamento de mesários para as eleições de outubro

Cerca de 190 mil mesários atuarão nas eleições em Minas Gerais

TRE-MG-treinamento de mesários

Os eleitores que atuarão como mesários nas mesas receptoras de votos das seções eleitorais de Belo Horizonte começam a ser treinados presencialmente no TRE.Em Belo Horizonte, serão necessários cerca de 18 mil mesários, que vão trabalhar nas 4.500 seções eleitorais.

O treinamento de mesários é de responsabilidade de cada zona eleitoral, sob supervisão do Tribunal. Em geral, os cursos começam com uma apresentação do chefe do cartório ou do juiz eleitoral e com a exibição de um vídeo, produzido pelo Tribunal Superior Eleitoral, com orientações para os mesários.  Em seguida, é feito o treinamento prático nas urnas eletrônicas.

Uma das principais novidades da eleição neste ano é a possibilidade de o eleitor que já fez o cadastro biométrico ser identificado perante o mesário pelo e-título. Nesse caso, não é necessária a apresentação do documento com foto. Mas continua sendo proibido que o eleitor leve o celular para a cabine de votação. Outra ênfase do treinamento é orientar o mesário sobre como melhor atender o eleitor com deficiência, a partir de parâmetros recomendados pela Comissão de Acessibilidade do Tribunal. 

Os treinamentos em Belo Horizonte seguem até o início de setembro e o local e a data dependem de cada uma das 18 zonas eleitorais da capital, que convocam seus respectivos mesários. No interior, geralmente, os treinamentos se iniciam mais próximo da eleição, dependendo do cronograma montado por cada zona eleitoral.

No estado

Atualmente, a Justiça Eleitoral mineira conta com quase 190 mil mesários voluntários inscritos. Nas Eleições 2018, estima-se que serão necessários 200 mil mesários em todo o Estado (quatro por seção) para atuarem perante as mesas receptoras de votos nas 304 zonas eleitorais e nas cerca de 50 mil seções.  

Quem trabalha como mesário tem o direito de se ausentar de seu emprego pelo dobro dos dias trabalhados nas eleições e em que participou de treinamentos da Justiça Eleitoral. Além disso, o exercício da função de mesário pode ser critério de desempate para nomeação por concurso em cargos públicos, caso haja essa previsão no edital. Para essa eleição, o auxílio alimentação do mesário, por turno, tem o valor de R$30,00.

 

Siga-nos no Twitter e no Instagram.

Curta nossa página no Facebook.

 

Últimas notícias postadas

Recentes