Nota de pesar

Nota de pesar pelo falecimento de Levindo Coelho Martins de Oliveira, ex-diretor-geral do TRE-MG

medalha

O TRE Minas registra com pesar o falecimento, nesta sexta-feira (17), de Levindo Coelho Martins de Oliveira (78), ex-diretor-geral da instituição. Ele atuou na Justiça Eleitoral por quase 41 anos, de agosto de 1965 a março de 2006. Levindo foi servidor, membro efetivo da Corte Eleitoral (classe dos juristas), diretor-geral entre maio de 1992 e dezembro de 1994 e de abril de 2002 a março de 2006. Foi também diretor-geral do TSE, entre 1995 e 1996, quando a urna eletrônica foi implantada (gestão do ministro Carlos Velloso e parte da gestão do ministro Marco Aurélio).

Muitos fatos marcaram a trajetória de Levindo Coelho no TRE, como a relatoria do primeiro caso de cassação de mandato de um prefeito mineiro por abuso de poder econômico, a descentralização dos cartórios eleitorais de Belo Horizonte,  e a aquisição do prédio onde atualmente funcionam a administração do TRE e a Corte Eleitoral. Em 2013, Levindo Coelho foi homenageado com a Medalha do Mérito Eleitoral Desembargador Vaz de Mello.

O TRE também registra com pesar que, no dia 10 de fevereiro, faleceu outro ex-diretor-geral do TRE, Raul Motta Moreira. Raul foi o terceiro funcionário admitido no TRE, após a reinstalação da Justiça Eleitoral, em 1945. Ele ocupou a direção do Tribunal em dois períodos - 1959/1962 e 1975/1976 – e também recebeu a Medalha do Mérito Eleitoral, em 2007. Além de ter atuado como advogado na área do direito eleitoral, escreveu obras a respeito da história da Justiça Eleitoral mineira. 


Siga-nos no Twitter.


Curta nossa página no Facebook.

Últimas notícias postadas

Recentes