Informações gerais

1º turno – dia 2 de outubro de 2016
2º turno (apenas para municípios com mais de 200 mil eleitores, caso nenhum dos candidatos a prefeito obtenha a maioria dos votos válidos) – dia 30 de outubro de 2016

Votação das 8h às 17h


Municípios onde há possibilidade de 2º turno (cidades com mais de 200 mil eleitores)

MUNICÍPIO

ELEITORADO

Belo Horizonte

1.927.460

Uberlândia

478.250

Contagem

456.933

Juiz de Fora

395.425

Betim

278.234

Montes Claros

262.496

Uberaba

224.864

Governador Valadares*

203.794

 

TOTAL: 4.227.456 eleitores

 

*Em 2012, Governador Valadares não havia alcançado 200 mil eleitores.


Confira a relação dos municípios onde poderá haver 2º turno em todo o Brasil

 

Ordem de votação na urna eletrônica

  • Vereador
  • Prefeito

 

Distribuição das vagas

- Vagas para prefeitos: 853

- Vagas para vice-prefeitos: 853

- Vagas para vereadores: Minas Gerais terá 8.481 cadeiras para vereadores. Em 2012, foram 8.438 cadeiras (aumento de 43 vagas). Houve alteração no número de vereadores em 20 municípios: Itinga, Borda da Mata, Carlos Chagas, Itajubá, João Monlevade, Lagoa Santa, Lajinha, Manhuaçu, Medina, Muriaé, Caraí, Ouro Branco, Piranga, Santos Dumont, São Francisco, Serro, Três Pontas, Tupaciguara, Três Marias e Vespasiano.

Em Belo Horizonte, são 41 vagas.

Veja a tabela comparativa com os números de vagas para vereadores em todos os municípios em 2012 e em 2016.

 

Quociente Eleitoral de eleições anteriores

 

Ano

Câmara Municipal BH

Estadual

Federal

2014

 

135.128

191.227

2012

30.600

-

-

2010

-

136.202

195.247

2008

30.850

-

-

2006

-

127.389

184.747

2004

31.229

-

-

2002

-

124.207

181.242

2000

32.760

-

-

1998

-

96.326

136.069

1996

29.963

-

-

1994

-

92.712

127.096

1992

26.441,13

-

-

 

Sistema proporcional - Regras para o cálculo da representação proporcional no Brasil (formato pdf)

 

Dados gerais das eleições

 

 

Municípios

Zonas Eleitorais

Locais de Votação

Seções

Eleitorais

Eleitorado 1º Turno

 

Eleitorado 2º Turno

 

Belo Horizonte

 

18 zonas

(5,1% do total no Estado)

433

4.561

1.927.460

 

 

Minas Gerais

853

(14,92% do total do País)

351

(11,60% do total no País)

10.323

49.473

15.679.618

 

Brasil

5.570

3.010

 

461.000

144.088.912

 

 

Biometria em Minas Gerais

Em 2016, haverá votação com identificação biométrica em 249 municípios, alcançando 1.584.923 eleitores (10,0999% do eleitorado) em todo o estado.

Em 80 deles, a votação será totalmente biométrica, ou seja, todos os eleitores devem ter feito o recadastramento – são as cidades que passaram pela chamada revisão biométrica obrigatória.

Nos outros 169 municípios – onde a biometria não é obrigatória ainda -, a votação será mista (também chamada de híbrida): o eleitor que não fez o recadastramento biométrico poderá votar da maneira tradicional.

O recadastramento biométrico é uma das medidas implementadas pela Justiça Eleitoral brasileira para conferir ainda mais segurança ao sistema eletrônico de votação, especialmente no que se refere à identificação do eleitor, impedindo que uma pessoa se passe por outra com o intuito de fraudar a votação.

A biometria foi adotada em Minas Gerais pela primeira vez em 2010, em apenas quatro municípios. Nas Eleições 2012, foi utilizada em 21 municípios mineiros. Nas Eleições 2014, alcançou 26 municípios.

Confira o histórico completo da biometria em Minas Gerais.

Estados brasileiros que já concluíram o recadastramento biométrico: Alagoas, Amapá, Sergipe.

Capitais brasileiras que já concluíram o recadastramento biométrico: Aracajú (Sergipe), Boa Vista (Roraima), Curitiba (Paraná), Florianópolis (Santa Catarina), Goiânia (Goiás), João Pessoa (Paraíba), Macapá (Amapá), Maceió (Alagoas), Manaus (Amazonas), Natal (Rio Grande do Norte), Palmas (Tocantins), Porto Velho (Rondônia), Recife (Pernambuco), Rio Branco (Acre), São Luís (Maranhão) e Teresina (Piauí).

 

Atualizado em 02/09/16

Gestor Responsável: Seção de Produções Jornalísticas +