Primeiro título e segunda via

O interessado deve comparecer ao cartório eleitoral ou à Central de Atendimento (que envolve mais de um cartório) do município onde é eleitor. Ou seja, o eleitor de Contagem não pode ser atendido em Betim, por exemplo. Para alguns municípios, é possível agendar o atendimento pelo site do TRE-MG ou pelo Disque-Eleitor (148 ou 3291-0004 - custo de ligação local).

Documentos necessários:

* - um documento de identidade com foto (Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade ou carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão), que comprove a nacionalidade brasileira.
Obs:não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação e o novo passaporte.

* - comprovante de endereço recente;

- comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

* Indispensáveis


Voto e alistamento obrigatório:

- entre 18 e 70 anos.

Voto e alistamento facultativo:

- jovens de 16 e 17 anos;
- analfabetos;
- maiores de 70 anos.


BRASILEIROS NATURALIZADOS

Para se inscrever como eleitor, o brasileiro naturalizado deverá comparecer pessoalmente ao cartório eleitoral que atende ao seu endereço ou à central de atendimento que atende ao seu município e apresentar os seguintes documentos:

I - Certificado de Naturalização ou Certificado Provisório de Naturalização concedido pelo Ministério da Justiça;
II - documento oficial de identificação com foto;
III - comprovante de residência;
IV - certificado de quitação do serviço militar (homens entre 18 e 45 anos).

 

No interior, os cartórios eleitorais podem solicitar documentação complementar. Para certificar-se da documentação necessária, entre em contato com seu cartório eleitoral antes de procurá-lo pessoalmente.

Endereços e telefones dos cartórios eleitorais de Minas Gerais.


Gestor Responsável: Presidência +