Setembro Amarelo: reflexões sobre aspectos políticos e subjetivos da prevenção ao suicídio

Durante o mês de setembro, a Seção de Atenção Psicossocial (SEDOP/CAS) abordou temas importantes relacionados à prevenção do suicídio. E, para finalizar a campanha do Setembro Amarelo de 2021, a proposta da SEDOP é trazer uma reflexão sobre estratégias públicas e governamentais que limitam as formas de se suicidar. Outro enfoque diz respeito a fatores subjetivos de proteção que abrigam uma pessoa contra a escolha do suicídio como saída.

 

Para isso, foi elaborado o texto “Prevenção do suicídio – aspectos políticos e subjetivos”, produzido pelo servidor Marcelo de Sousa Eloi.

 

Confira a íntegra da publicação, ou acesse o espaço SUA SAÚDE, via Extranet.