Notícias do TRE - 22 de janeiro

TRE participa das eleições de Guiné-Bissau

Os servidores Charles dos Reis Machado Martins, da Coordenadoria de Desenvolvimento de Sistemas (CDS), e Marcelus Virgilius de Oliveira, da Seção de Desenvolvimento de Sistemas (SDSIS), prestaram apoio ao trabalho de totalização dos votos na eleição presidencial em Guiné-Bissau, em dezembro do ano passado. A cooperação brasileira, foi promovida pelo governo federal através da Agência Brasileira de Cooperação – ABC.

Marcelus esclareceu que, desde 2003, a Justiça Eleitoral brasileira atua auxiliando o processo eleitoral guineense. Ainda segundo Marcelus, em 2014, foi desenvolvido software para a totalização dos votos nos pleitos daquele país em parceria com “engenheiros informáticos” do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GETAP) e da Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Para prestar apoio às eleições presidências de 2019, os técnicos do TRE fizeram três visitas àquele país. A primeira ocorreu em outubro e durou nove dias. Essa visita serviu para a preparação de todo o aparato necessário para o primeiro turno do pleito. Em novembro, Marcelus voltou ao país para acompanhar o primeiro turno, que ocorreu no dia 24, ao qual concorreram 12 candidatos a presidente.

Em dezembro, Marcelus e Charles retornaram à Guiné-Bissau para acompanhar o segundo turno das eleições, que aconteceu no dia 29, entre os dois candidatos mais votados no primeiro escrutínio. Ao todo 761.676 eleitores estavam inscritos para votar em todo o país.

Embora o software seja usado para a totalização dos votos, na Guiné-Bissau, as urnas utilizadas são de acrílico e os votos são registrados em cédulas de papel. Após a contagem dos votos de cada local de votação, é preenchida uma ata com o total de votos atribuído a cada candidato. O software desenvolvido em parceria com a Justiça Eleitoral faz a totalização dos dados constantes em cada ata.  

.........................................................................................................................................................................

Curso EAD propicia noções básicas sobre investimento

A Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud) lançou, na sua plataforma de Ensino a Distância (EAD), o curso “Noções Básicas de Investimentos”. A atividade é gratuita, autoinstrucional, com conteúdo e exercícios distribuídos em cinco módulos e carga-horária de 30 horas.

As aulas abordam, entre outros assuntos, as estratégias de investimento e de resgate de recursos financeiros da Fundação a partir determinações dos órgãos reguladores e fiscalizadores e as diretrizes gerais utilizadas para a gestão desses recursos no Plano de Gestão Administrativa (PGA) e no Plano de Benefícios (PB).

As inscrições para a primeira turma começam no dia 3 de fevereiro e o prazo para realização do curso é até o dia 15 de abril. Para participar, é só acessar o site da Funpresp-Jud e criar o seu cadastro.

.........................................................................................................................................................................

Cartório de Lagoa Santa recebe eleitora centenária

A 157ª ZE, de Lagoa Santa, recebeu, na última semana, a visita da dona Helena, eleitora de 100 anos de idade. Ela veio regularizar a situação do título e realizar o recadastramento biométrico, que ainda não é obrigatório no município.

Conforme relato do chefe de cartório da 157ª ZE, Sandro Leonel Brum, votar é só um dos hobbies de dona Helena. Ela também cozinha, costura, conta histórias e sai de casa sozinha. Por ser muito conhecida e querida em Lagoa Santa, a eleitora centenária vai ganhar, em junho, uma festa na rua para comemorar o aniversário de 101 anos.