Notícias do TRE - 14 de agosto

Seminário discute segurança do voto e fake news

Na segunda e terça-feira (12 e 13), foi realizado o Seminário Fake News e Segurança do Voto Eletrônico, na Faculdade da Saúde e Ecologia Humana (Faseh), em Vespasiano. O evento foi a primeira iniciativa da vertente Extensão Universitária no novo formato do projeto Eleitor do Futuro.

Na abertura do seminário, na segunda à noite, a juíza Roberta Fonseca, diretora-executiva da Escola Judiciária (Ejemg), ressaltou a importância da iniciativa por possibilitar a ampliação do conhecimento do público participante. Em seguida, Mozart Lima, chefe do Núcleo de Segurança da Informação (NSinf) do TRE, proferiu uma palestra sobre segurança do voto eletrônico e destacou, entre outras questões, a evolução do processo eleitoral até a era digital e os mecanismos de segurança e transparência da votação eletrônica. Ao final, ele respondeu várias perguntas dos presentes, como a dúvida sobre a urna ser fabricada na Venezuela e o fato de não ser adotada em outros países.

Também na segunda, houve um debate sobre fake news, que contou com a explanação da professora e advogada Edilene Lobo; teve como fomentadora a servidora do TRE Lara Ferreira, da assessoria dos juízes membros; e como presidente de mesa a professora Patrícia Gusmão. Edilene falou da complexidade do fenômeno das fake news, que ocorre em “âmbito planetário”, e ressaltou, entre outros pontos, que as plataformas precisam ser responsabilizadas pelo problema. Segundo ela, tratam-se de distorções de informações que são difundidas para criar propositalmente estados mentais voltados às manipulações das pessoas.

Ela destacou ainda que a Justiça Eleitoral “mostrou nas últimas eleições que tem pouca perna” para combater as fake news e que o grande desafio no Brasil é a “feudalização da comunicação”, com os grupos de whatsapp onde o diferente não entra ou é expulso. Para ela, o combate não passa apenas pela repressão, embora o responsável precise ser punido, mas também pela educação digital e pelo fomento do diálogo sobre o assunto.   

Na terça-feira (13), houve oficinas coordenadas pelos formadores da Ejemg, sobre os dois temas do seminário. Para cada um, foram conduzidos estudos de caso, em que os participantes se reuniam em grupos. Foram usados casos reais envolvendo a Justiça Eleitoral, como as notícias falsas sobre a urna eletrônica nas Eleições 2018. Na atividade, alunos, professores e representantes das Câmaras Municipais da região se organizaram para defender, argumentar e informar a verdade sobre as situações expostas, a partir dos conhecimentos adquiridos com a palestra e as oficinas.

Gestores da Secretaria devem se inscrever em curso relacionado a gestão de equipes

O curso “Habilidades Sociais no Trabalho”, destinado a secretários, coordenadores, chefes de seção, de gabinete, de núcleo e da ouvidoria, está com inscrições abertas. A atividade tem como objetivo capacitar os gestores para a condução de suas equipes.

O público será dividido em três turmas e cada uma delas participará de quatro seminários, que ocorrem uma vez ao mês, sendo que o primeiro deles começa em agosto. As inscrições podem ser feitas pelo CAT, no Portal de Serviços, até um dia antes do início de cada turma. A chefia deverá se indicar e, posteriormente, confirmar sua inscrição. Na impossibilidade de comparecimento ao curso, o servidor convocado deverá justificar-se por meio de SOS direcionado para a Sefag.

O gestor que não participar de um seminário no período da manhã não poderá participar das oficinas que ocorrem no mesmo dia no período da tarde. Todas as informações estão no Comunicado Ejemg 016/2019, disponível no Siad.

.........................................................................................................................................................................

Curso do CNJ “Nivelamento do Poder Judiciário” ainda aceita inscrições

O curso “Nivelamento do Poder Judiciário”, ofertado pelo CNJ, ainda está disponível para novas inscrições e pode ser concluído até o dia 29 de agosto. A capacitação busca nivelar o conhecimento dos servidores sobre a execução das políticas do Poder Judiciário e os mecanismos de gestão participativa e democrática. A participação dos servidores no curso é um dos requisitos para pontuação dos tribunais no eixo temático “Governança”, que compõe o Prêmio CNJ de Qualidade 2019.

As inscrições e o acesso ao curso podem ser feitos por meio da plataforma de aprendizagem do CNJ. Haverá a emissão de certificado, que valerá para a concessão de adicional de qualificação.

.........................................................................................................................................................................

TRE transmite palestra sobre execução fiscal e cumprimento de sentença

Nesta sexta-feira (16), será transmitida ao vivo, pelo Portal do Conhecimento do TRE, a palestra “Execução Fiscal e Cumprimento de Sentença na Justiça Eleitoral”. O evento vai ser realizado no plenário do TRE-MT, das 9h às 12h e das 14h às 17h. A participação a distância valerá para concessão de adicional de qualificação, desde que o servidor utilize o link disponível no portal e responda ao questionário obrigatório.

.........................................................................................................................................................................

TRE empresta urnas para eleição de projeto de cidadania da Assembleia Legislativa

Nessa terça-feira (13), duas urnas eletrônicas cedidas pelo TRE foram utilizadas para eleições do projeto Parlamento Jovem, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizado em parceria com câmaras municipais de 94 cidades mineiras, divididas em 16 polos. O projeto desenvolve atividades de formação política para estudantes do ensino médio e tem um tema específico a cada ano. Em 2019, todas as discussões são sobre discriminação étnico-racial.

O Parlamento Jovem promove oficinas para os participantes, a discussão de propostas de ações relacionadas ao tema do projeto no ano e apresentação das propostas mais votadas à Comissão de Participação Popular da ALMG. A eleição parametrizada realizada nessa terça contou com a participação de 120 jovens, que votaram para escolher, entre 13 candidatos, os representantes de Belo Horizonte, Curvelo e Juatuba, cidades que integram o Polo Metropolitano/Central I.

A Seção de Apoio às Eleições (Seape) cuidou do desenvolvimento do sistema de votação, preparação das urnas e treinamento das pessoas envolvidas na organização da votação. Saiba mais sobre o Parlamento Jovem no site da ALMG.

.........................................................................................................................................................................

Anote aí

Como esta quinta-feira é feriado em Belo Horizonte e suspensão dos serviços na sexta-feira, o Sintonia não será publicado nesses dois dias.  

.........................................................................................................................................................................

Deu no Twitter

Confira o funcionamento da Justiça Eleitoral no feriado de Assunção de Nossa Senhora e na sexta-feira http://bit.ly/2yZ5bIE