imprimir    salvar

Conheça a EJEMG

Composição:

Diretor Superintendente: Desembargador Paulo Cézar Dias

Diretor Executivo : Juiz de Direito Carlos Henrique Perpétuo Braga

Coordenadora:  Noriko Tsukamoto

 

Conselho Deliberativo:

O Conselho Deliberativo é formado

I - pelo Diretor Superintendente;
II – pelo Diretor Executivo;
III – pelo Diretor Geral da Secretaria do Tribunal;
IV - pelo Secretário Executivo, que será o Secretário do Conselho;
V- pelo Secretário Judiciário;
VI – pelo Secretário de Gestão de Pessoas.

História

A Escola Judiciária Eleitoral de Minas Gerais “MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA”  (EJEMG) foi criada pelo TRE-MG em 13 de dezembro de 2004, na Presidência do Desembargador Kelsen do Prado Carneiro (Resolução 666 de 13/12/2004). Sua organização e funcionamento são regulamentados pela Resolução 994/2015 do TRE-MG.

O Patrono

O “MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA”,  membro da Corte do Tribunal Superior Eleitoral, destacou-se como precursor da necessidade de preparação e formação do pessoal da Justiça Eleitoral. O Ministro foi o coordenador dos estudos que levaram à criação da Escola Judiciária do Tribunal Superior Eleitoral em agosto de 2002, da qual foi primeiro Diretor Superintendente.

Abrangência de ação da Escola Judiciária do TRE/MG: Formação,  atualização e especialização, inicial, continuada ou eventual de Magistrados, membros do Ministério Público Eleitoral, servidores da Justiça Eleitoral de Minas Gerais e interessados no estudo do Direito Eleitoral, bem como o estímulo e a divulgação do estudo do Direito Eleitoral entre os seus operadores.

Gestor Responsável: Assessoria Técnica Executiva da Escola Judiciária Eleitoral +