Marcelo Vaz Bueno toma posse como membro efetivo da Corte Eleitoral

O advogado integra a Corte na vaga destinada aos juristas, com mandato de dois anos

Posse do advogado Marcelo Bueno como integrante da Corte Eleitoral mineira na classe dos juristas.

O advogado Marcelo Vaz Bueno (foto) tomou posse na tarde desta quarta-feira (5) como membro efetivo da Corte Eleitoral mineira, na classe de jurista. Ele vai assumir a vaga aberta com o encerramento do biênio do juiz Ricardo Matos de Oliveira, em novembro de 2018. O novo integrante foi nomeado pelo Presidente da República no dia 8 de maio.

Ao saudar o novo integrante do Tribunal, o desembargador Pedro Bernardes, presidente do TRE-MG, destacou que a “Corte está pronta para colaborar com o empossado para bem servir à Justiça Eleitoral mineira”.

Também saudaram o empossado o procurador regional eleitoral Ângelo Giardini e, em nome da OAB, o advogado Raimundo Cândido Neto.

O novo integrante da Corte agradeceu a todos os presentes e afirmou que “a judicatura é um exercício nobre e sério”, e que pretende, no desempenho das suas atribuições, contribuir para manter a “lisura do processo eleitoral’, respeitando a soberania do voto, como fez o seu pai, o desembargador José Francisco Bueno, que integrou a Corte Eleitoral nos anos de 1990/1991, na classe de juiz de direito.

Compareceram à posse a desembargadora Mariangela Meyer, terceira vice presidente do Tribunal de Justiça; o promotor de justiça Edson Resende de Castro, representando o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais; o desembargador Alberto Diniz Júnior, presidente da Associação de Magistrados Mineiros, desembargadores da ativa e aposentados do TJMG, além de outros juízes, representantes do Ministério Público, advogados, familiares e amigos do empossado.

Trajetória

Natural de Poços de Caldas, Marcelo Vaz Bueno é graduado em Direito pela Centro Universitário de Belo Horizonte – Uni-BH (2006), com especialização em Direito Civil pela Faculdade de Direito Milton Campos de Belo Horizonte. É advogado militante há mais de dez anos, exercendo atualmente as suas atividades no escritório “Soares e Capobianco Sociedade de Advogados”. É membro da Comissão de Sociedade de Advogados e da 4ª Turma do Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Minas Gerais.

Composição


A Corte do Tribunal Regional Eleitoral é composta por sete membros titulares e igual número de substitutos. Dois desembargadores e dois juízes de direito são provenientes do TJMG, um juiz oriundo da Justiça Federal e dois são da classe dos advogados. Os integrantes atuam por dois anos, podendo ser reconduzidos por mais um biênio.


Siga-nos no Twitter e no Instagram.
Curta nossa página no Facebook.

 

Últimas notícias postadas

Recentes