Homenagem a ex-presidente reúne autoridades no TRE

Desembargador Edgard Penna Amorim recebeu a medalha do mérito acadêmico eleitoral

Homenagem ao desembargador Edgard Penna Amorim em 11/04/2019.

Autoridades do Judiciário estiveram presentes nesta quinta (11), no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, para acompanhar a outorga da Medalha de Mérito Acadêmico Eleitoral“Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira” e a aposição do retrato do desembargador Edgard Penna Amorim na galeria de presidentes do TRE e a aposição simbólica da foto do juiz Luís Fernando de Oliveira Benfatti, na galeria de diretores da Escola Judiciária Eleitoral de Minas Gerais. 

Em seu discurso de saudação, o presidente do TRE, desembargador Pedro Bernardes, destacou a conduta segura do homenageado ao tempo em que esteve à frente do Tribunal. Ressaltou, ainda, o grande trabalho administrativo desenvolvido durante a gestão e que redundou na reestruturação do TRE. 

Ao agradecer a homenagem, o desembargador Edgar Penna Amorim (na foto, ao lado da sua esposa Cláudia Amorim), que presidiu o TRE de junho de 2017 a junho de 2018, disse que a medalha outorgada tem um significado único do posto de vista da formação profissional, pois o ministro Sálvio de Figueiredo foi o “principal incentivador das escolas judiciárias, que também se estenderam aos tribunais eleitorais”. Disse, ainda, que recebia “a homenagem como um reconhecimento pela tentativa de ser um gestor correto, na expectativa de projetar para o futuro o aperfeiçoamento dos serviços eleitorais”. E concluiu, afirmando que neste momento em que a Justiça Eleitoral é questionada por quem não a conhece, ela está “plenamente em condições de se aperfeiçoar para o desempenho das suas atribuições constitucionais”. 

Na mesma solenidade, aconteceu também a aposição simbólica da foto do juiz Luís Fernando de Oliveira Benfatti, na galeria de diretores da Escola Judiciária Eleitoral de Minas Gerais (Ejemg). Ele esteve na direção executiva do órgão de junho de 2017 a julho de 2018. O magistrado destacou que o momento era de agradecer a oportunidade dada pelo então presidente da Justiça Eleitoral mineira, desembargador Edgard Amorim: “espero ter feito o melhor, contribuindo para a funcionalidade da Ejemg, que passou a formar não só juízes, mas também servidores”. 

Os homenageados foram saudados também pela atual diretora-executiva e juíza auxiliar da Presidência do TRE, Roberta Rocha Fonseca, e pelo procurador regional eleitoral, Ângelo Giardini. 

Além do presidente do TRE mineiro, desembargador Pedro Bernardes, que abriu e encerrou o evento, compareceram, entre outras autoridades, os integrantes da Corte Eleitoral mineira; o desembargador Wanderley Salgado de Paiva, representando o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e a Associação dos Magistrados Brasileiros; o presidente do TRE-SP, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin; o promotor Edson Resende, representando o procurador Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais; o juiz coronel PM James Ferreira Santos, presidente do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais; a advogada Luciana Nepomuceno, representando a Ordem dos Advogados do Brasil Nacional; o desembargador Alberto Diniz, presidente da Amagis; além dos ex-presidentes do TRE-MG, desembargadores Geraldo Augusto de Almeida, Orlando Adão de Carvalho e Baía Borges.

Confira as fotos no Flickr.

 

Siga-nos no Twitter e no Instagram.

 

Curta nossa página no Facebook.

Últimas notícias postadas

Recentes