Cerca de 12 mil eleitores mineiros devem votar em trânsito no primeiro turno

No Brasil, quase 90 mil eleitores pediram a transferência temporária para votar em trânsito

Logomarca Eleições 2018

Para as Eleições 2018, 12.237 eleitores de Minas Gerais solicitaram à Justiça Eleitoral transferência temporária para votar em trânsito no dia 7 de outubro (primeiro turno) Desse número, 6.743 eleitores se transferiram temporariamente para outras cidades mineiras. Os outros 5.494 pediram a transferência para votar em trânsito em outros estados brasileiros.


O eleitor que se transferiu para outra cidade dentro da Unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderá votar em trânsito para todos os cargos. Já o eleitor que se transferiu para cidade de outro estado poderá votar apenas para Presidente. Em Minas, o maior número de transferências temporárias para voto em trânsito foi para outras cidades dentro do próprio estado (6.743). Fora de Minas, a maior parte dos eleitores mineiros irá votarem São Paulo (1.618) e no Distrito Federal (539). O voto em trânsito só ocorrerá em uma capital ou cidade com mais de 100 mil eleitores. 


A transferência temporária – que pôde ser feita entre 17 de julho e 23 de agosto – também permitiu que eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida se transferissem para seções de fácil acesso, no mesmo município onde votam, apenas para as Eleições 2018. Em Minas, foram feitas 208 transferências desse tipo para o primeiro turno. Ainda puderam solicitar a transferência temporária membros das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, polícias civis, polícias militares, corpos de bombeiros militares e guardas municipais que estiverem em serviço por ocasião das eleições. Neste caso, foram feitas 5.031 transferências de eleitores mineiros para outras cidades e estados para o primeiro turno. No caso dos presos provisórios e adolescentes internados em unidades sócio educativas, foram feitas 285 transferências temporárias, sendo que 251 votarão em presídios e unidades de internação em Minas Gerais e 34 nas demais unidades da federação onde estiverem recolhidos. 


Para saber em qual local vai votar, o eleitor deve acessar o site do TRE ou do TSE e clicar no link “Local de votação”, localizado na seção Serviço ao Eleitor (no alto à esquerda). Após preencher os campos solicitados (nome ou título de eleitor; data de nascimento e nome da mãe), o eleitor obterá informações sobre a zona, a seção e o local onde votar. Outras alternativas são baixar o aplicativo e-Título, no qual as informações do eleitor são atualizadas automaticamente, ou entrar em contato com o Disque-Eleitor (148).

Sobre o segundo turno

Para segundo turno das Eleições 2018, 11.741 eleitores de Minas Gerais solicitaram à Justiça Eleitoral transferência temporária para votar em trânsito. Desse número, 6.493 eleitores se transferiram temporariamente para outras cidades mineiras. Os outros 5.248 pediram a transferência para votar em trânsito em outros estados brasileiros.

Em Minas, o maior número de transferências temporárias para voto em trânsito foi para outras cidades dentro do próprio estado (6.493). Fora de Minas, a maior parte dos eleitores mineiros irá votar em São Paulo (1.605) e no Rio de Janeiro (796).

Quanto às transferências para seções de fácil acesso, foram feitas 204. Sobre os profissionais das categorias militares que estarão em serviço no dia do 2º turno por ocasião das eleições, foram feitas 4.820 transferências para outras cidades em Minas e para outros estados. Com relação aos presos provisórios e adolescentes internados em unidades sócio educativas, foram 285 transferências, sendo que 251 votarão em presídios e unidades de internação em Minas Gerais e 34 nas demais unidades da federação onde estiverem recolhidos.

Confira os dados de transferência temporária.


Siga-nos no Twitter e no Instagram.

Curta nossa página no Facebook.

 

Últimas notícias postadas

Recentes