Eleitores que precisam se alistar ou atualizar o cadastro devem procurar um cartório eleitoral a partir de novembro

Cadastro eleitoral será reaberto no dia 05, em todo o país

Título Irregular

Os cidadãos que precisam solicitar a emissão do título de eleitor, fazer o recadastramento biométrico, atualizar seus dados, pedir transferência ou regularizar qualquer pendência com a Justiça Eleitoral já têm data para esses compromissos: o cadastro eleitoral será reaberto no dia 05 de novembro, e os cartórios voltarão a oferecer todos os serviços aos eleitores.

O aviso é importante principalmente para quem tem alguma irregularidade, como, por exemplo, os eleitores que tiveram o título cancelado por não comparecerem ao recadastramento biométrico nos municípios onde a biometria é obrigatória. Em Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia, últimos municípios mineiros a fazerem a revisão biométrica, são mais de 213 mil pessoas nessa situação.

Para buscar qualquer atendimento, o eleitor deve comparecer a um cartório eleitoral levando documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. O documento pode ser carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. Não serão aceitos a carteira nacional de habilitação e o novo passaporte. Os homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos). O atendimento na maior parte dos municípios pode ser agendado pelo telefone 148 ou pelo site do TRE.

O alistamento, o recadastramento biométrico, a atualização dos dados e a transferência do título só podem ser feitos no cartório do domicílio eleitoral do cidadão. Já a regularização da ausência de voto e justificativa pode ser feita em qualquer cartório do país.

Os eleitores que desejam obter uma certidão de quitação para comprovar que estão em dia com a Justiça Eleitoral já podem, com a reabertura do cadastro eleitoral, conseguir o documento no site do TSE. Ou, ainda, procurar o cartório eleitoral. 

Seções de fácil acesso

Os eleitores com algum tipo de deficiência ou dificuldade de locomoção podem pedir a sua transferência para uma seção de fácil acesso. Em todo o estado de Minas Gerais, são 2.780 seções especiais, sendo pelo menos uma em cada município. Os eleitores que haviam feito a transferência temporária para uma dessas seções para votar nas Eleições 2018 precisam agora comparecer a um cartório eleitoral e pedir a transferência definitiva, caso ainda tenham essa necessidade.

 

Siga-nos no Twitter e no Instagram.

Curta nossa página no Facebook.

Últimas notícias postadas

Recentes