Justiça Eleitoral comunica à Câmara de Timóteo o afastamento do prefeito

O afastamento do prefeito e vice foi determinado pelo TSE

A Justiça Eleitoral comunicou, na manhã desta segunda-feira (14), ao presidente da Câmara Municipal de Timóteo, Adriano Costa Alvarenga, a decisão proferida pelo TSE que indeferiu o registro e determinou o afastamento do prefeito Geraldo Hilário Torres, e do seu vice, Carlos José de Vasconcelos Silva.   

O prefeito Geraldo Hilário concorreu nas eleições de 2016 com a sua candidatura sub judice, em razão da inelegibilidade do candidato, nos termos da Lei da Ficha Limpa. Mesmo com o indeferimento da sua candidatura pelo TSE, o político obteve, em dezembro de 2016, decisão liminar que permitiu a sua diplomação e posse, o que foi agora revogado.  

Até que novo prefeito seja eleito a partir de pleito que ainda será marcado pelo Tribunal e tome posse, o chefe do Legislativo assume interinamente a prefeitura local, segundo a Lei Orgânica do Município. 

Processo relacionado: RE 17393.

 

Siga-nos no Twitter e no Instagram

Curta nossa página no Facebook.

Últimas notícias postadas

Recentes